ancona consultoria

Não existe mais conversa !

Como fazer maus negócios por falta de diálogo

O mundo digital veio para facilitar e agilizar ações e decisões e isso engloba assuntos referentes à produção, comunicação, compras, serviços e tantas inovações que foram possíveis e que mudaram radicalmente os negócios e os hábitos das pessoas.

Mas…tudo tem um mas….

Assim como se falava no passado de que os problemas dos sistemas informatizados estavam naquela peça que ficava sentada na cadeira em frente ao computador, com o mundo digital vem ocorrendo o mesmo.

As ferramentas digitais são inúmeras e fantásticas, especialmente as que permitem uma comunicação direta, rápida, por som e imagem, estejam as pessoas onde estiverem.

Mas …vem sendo feito um mau uso dessas ferramentas, uma vez que com elas, as pessoas  (e suas empresas) deixaram de lado uma das coisas mais belas e importantes que possa existir em qualquer relação seja comercial ou pessoal : a conversa !

É absurdo que as pessoas não se falem mais, pessoalmente ou ao telefone e apenas se comuniquem por aplicativos através de mensagens curtas, mal escritas, incompletas ou emojis, como os antigos homens das cavernas.

Para recados, avisos, vá lá. Mas solicitar uma proposta de um projeto de meses, apenas “brifando” com 3 linhas, e definir qual empresa será contratada, sem sequer manter 5 minutos de conversa, para nós parece um retrocesso sem tamanho. Na verdade um erro estratégico gigante de empresários e empresas que deixaram de lado o hábito de dialogar, perguntar, aprofundar os temas e possíveis soluções e se satisfazem em tomar decisões caras e importantes, como se tudo na vida fosse ao ritmo de uma rede social.

Temos vivido casos de concorrência onde o contratante  nem visita os sites das empresas consultadas, não tira nenhuma duvida mesmo sendo assunto novo para ele, não pergunta nada, não negocia, ou seja não conversa e portanto não conhece nada sobre quem irá contratar….e  define um projeto para sua empresa  por uma simples troca de mensagem por Whats App.

O que acontece no mundo pessoal, onde a comunicação se transformou apenas em mensagens ou curtidas, chegou, infelizmente, a muitas empresas e com isso quem perde são todos. Perde o concorrente que tinha mais a oferecer e perde quem contrata pois decide totalmente no escuro.

Hoje são minoria os empresários que fazem questão de conversar, de olhar nos olhos do outro, de ouvir o que o proponente tem para falar sobre seu trabalho, sua forma de atuar, sua cultura e como se relaciona com os clientes.

Salve esses empresários que ainda mantem o pé no chão e tratam seus negócios como coisa séria que precisa de conversa, diálogo, definição de caminhos e compromissos olho no olho, selados com um forte aperto de mãos!